Bannerweb_SOBREVIVENTE_ALERO_970x250-2.gif

Cerca de 60 famílias são atingidas por enchentes em Rolim de Moura, RO, e outras 500 estão em zona de risco




Por causa das enchentes no último final de semana, cerca de 60 famílias de Rolim de Moura (RO) tiveram suas casas tomadas pelas águas. Atualmente, outras 500 residências estão em zonas consideradas de risco para enchentes.


Nesta segunda-feira (7), a RO-010 que liga Rolim a Pimenta Bueno ficou interditada por aproximadamente seis horas por conta do transbordamento de rios que invadiram a rodovia.


Segundo a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) as fortes chuvas do sábado (5) e domingo (6) também causaram transtornos em várias vias vicinais, a equipe ainda está em processo de levantamento de dados, mas até a tarde desta segunda já se tem registro de pontes que foram destruídas por completo, outras que ficaram com estrutura comprometida, além dos problemas nos bueiros.


Falta de água potável


O Igarapé Manicoré transbordou e inundou o sistema de captação de água potável em Rolim de Moura no domingo (6), causando desabastecimento para a população. Esta é a segunda vez em menos de duas semanas que os moradores da região ficam sem água potável por causa de enchentes.


Várias residências ficaram com as caixas d’águas vazias. A expectativa é que as casas voltem a ter águas saindo das torneiras na madrugada da terça-feira (8).





Como ajudar as vítimas das enchentes em Rolim?



A Universidade Federal de Rondônia (Unir) organiza uma campanha de arrecadação para vítimas de enchentes em Rolim de Moura. Alimentos não perecíveis, água mineral, produtos de higiene, roupas e sapatos podem ser doados no campus da Unir localizado na avenida Norte Sul, bairro Nova Morada.


Unir faz campanha de arrecadação para vítimas de enchentes em Rolim de Moura — Foto: Reprodução