Bannerweb_SOBREVIVENTE_ALERO_970x250-2.gif

Após desfigurar rosto a pauladas, homem degola colega de trabalho e exibe cabeça como “troféu” em cidade de MT



Um trabalhador de 29 anos, identificado como José Rafael dos Santos, foi violentamente assassinado por um colega na madrugada desta segunda-feira, 07, em Nova Mutum, cidade de Mato Grosso a 238 quilômetros de Cuiabá. Primeiro o assassino desfigurou seu rosto com uma viga de madeira e depois o decapitou com um facão.

Conforme o boletim de ocorrência, o homem confessou o crime e alegou que matou José Rafael depois dele ter ameaçado o seu filho, de 15 anos, que estava no local.

O crime aconteceu no alojamento de uma usina esmagadora de grãos localizada próximo à BR-163, na zona rural do município.

O segurança da empresa contou aos policiais que o homem desfigurou e esmagou o rosto de José com uma viga de caibro e depois, em um “ato macabro”, o decapitou.

Conforme testemunhas, depois de arrancar a cabeça do homem, ele a exibiu como um “troféu”, dizendo: “Olha aí o que acontece com quem mexe comigo. Eu mato mesmo”.

Policiais militares encontraram o homem ainda no local do crime, perto do corpo de José. Ao perceber a chegada da polícia ele tentou fugir, mas foi capturado.

Inicialmente, segundo o boletim de ocorrência, o autor negou o crime e começou a dizer coisas sem sentido, mas depois confessou o assassinato.

De acordo com a sua versão, ele e José bebiam juntos, quando teriam se desentendido após a vítima ameaçar o seu filho.

O assassino confesso disse ainda que pretendia enterrar José na mata. Nas imagens registradas no local, é possível ver que o corpo já estava em um carrinho de mão. A cabeça, por sua vez, estava no chão.

O assassino foi preso e encaminhado para a delegacia. O Conselho Tutelar foi acionado e ficou a cargo do seu filho.




Fonte: Reprodução
Autor: Diário on Line