BANNER-ALE-PODER_3-970x250.gif

Após batida entre duas motos na BR 174, em Vilhena, mulher de 42 anos morre esmagada por terceiro veículo de alta cilindrada




Uma mulher de 42 anos, identificada como Maria Aparecida Dutra, morreu após o choque entre duas motos derrubar dois casais num trecho urbano da BR 174, em Vilhena, na noite desta segunda-feira, 11.


De acordo com informações apuradas pelo FOLHA DO SUL ON LINE no local do acidente fatal, Aparecida estava na garupa da moto Honda Titan pilotada pelo marido, que seguia em direção ao bairro Barão III.


Quando ia virar à esquerda para entrar na avenida perimetral, o casal foi atingido pela outra motocicleta modelo Honda Today, caindo no asfalto. Após a batida, o rapaz de 23 anos e a moça de 22, que estavam nesta segunda moto, também sofreram uma queda na rodovia.


Só que, no caso de Maria Aparecida, assim que ela caiu, uma terceira moto, de alta cilindrada, que trafegava no sentido aeroporto/BR 364, atingiu seu corpo. O piloto não teve como evitar o choque, mas conseguiu se equilibrar após o atropelamento.


O rapaz, que também estava com a namorada na garupa da moto maior, parou no local, mas a mulher já estava morta. O veículo de 1.200 cilindradas, muito pesado, esmagou o tórax da vítima. Os outros acidentados sofreram escoriações sem gravidade.










O FOLHA DO SUL ON LINE segue acompanhando o caso.




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação