Bannerweb_SOBREVIVENTE_ALERO_970x250-2.gif

Pit bull ataca a própria dona e é abatido a tiros por policial militar; mesmo animal já havia investido contra filha da vítima



O FOLHA DO SUL ON LINE confirmou que uma moradora do bairro Cristo Rei, em Vilhena, precisou receber atendimento médico após ser atacada pelo pit bull da família. O incidente aconteceu por volta das 20:00h de ontem, na rua 1507.


Segundo informações obtidas pelo site, após ter o braço rasgado a dentadas, a vítima se refugiou dentro de casa com o marido. A filha do casal, cuja idade não foi divulgada, segundo o dono teria contado aos policiais, já havia sido atacada pelo mesmo animal.


Agressivo por causa da cadela da mesma raça que estava no cio, o pit bull, de grande porte, não deixava os próprios donos saírem da casa e também impedia a entrada dos Bombeiros.


O dono do animal autorizou um policial militar a fazer o abate dele. Foi preciso mais de um disparo com munição ponto 40 para que o cão morresse. A cadela não precisou ser sacrificada e a mulher ferida foi levada pelo marido para ser atendida na UPA.




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação