Bannerweb_SOBREVIVENTE_ALERO_970x250-2.gif

Mulher de 49 anos é intubada novamente e luta pela vida, enquanto homem que a espancou continua foragido




É dramática a luta pela vida da dona-de-casa Adriana Alves Guimarães, 49 anos, violentamente espancada pelo companheiro no mês passado, no bairro Novo Tempo, em Vilhena.


Internada há mais de 20 dias no Hospital Regional de Vilhena, a vítima começava a apresentar alguma estabilidade, embora continuasse sem falar e sem movimentos do pescoço para baixo.


Na madrugada de terça-feira, 07, no entanto, Adriana sofreu o que os médicos definem como “broncoaspiração” e precisou ser intubada novamente, após alimentos irem parar em seus pulmões.


Vendo a situação da mulher, familiares lidam com a apreensão de vê-la tentando sobreviver, enquanto o responsável pela situação, que teve a prisão decretada, continua foragido.


A pedido dos familiares de Adriana, o FOLHA DO SUL ON LINE divulgou a foto do agressor, Cristiano Lemes dos Santos de Brito, 41 anos, que espancava Adriana, que sofre de distúrbios psiquiátricos. Acusado de matar uma pessoa em Ji-Paraná, Cristiano, segundo uma vizinha, ele também submetia a companheira a maus tratos e até dava bebidas alcóolicas a ela, que toma medicamentos controlados (ENTENDA AQUI).



Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação