GIF-SEU-PODER_970x250-1.gif

Helicóptero da PM sobrevoa escola após professora criticar Bolsonaro




Um helicóptero da Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso fez um voo baixo sobre o Colégio Notre Dame de Lourdes, em Cuiabá, nesta quinta-feira 2. O episódio, que assustou alunos, ocorreu um dia depois de uma professora ser afastada das atividades por criticar o presidente Jair Bolsonaro em sala de aula.

Os ocupantes da aeronave portavam uma bandeira do Brasil e a exibiram para os alunos durante o sobrevoo. O registro circulou pelas redes sociais e gerou manifestações de repúdio de entidades do movimento estudantil, como a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas.


A educadora afastada leciona para o 3º ano do ensino fundamental. Em uma aula, ela fez críticas à política ambiental de Bolsonaro.

“Ele é a favor do desmatamento. Ele é a favor que os garimpeiros façam destruição dentro das terras indígenas. Além da destruição da natureza, está prejudicando o povo indígena. Os garimpeiros e o presidente da república são a favor disso. Temos que começar a pensar o que queremos para o nosso Brasil”, declarou.

Ela também repudiou a defesa do presidente pelo retorno ao voto impresso.

“Votamos com a urna eletrônica, então não tem como você ‘roubar’. Tem como ‘roubar’ se for no papelzinho, e ele [presidente] quer que volte a votação pelo papelzinho, que é para facilitar para ele fazer o que quiser”, disse.

Ao suspender a professora, o Colégio Notre Dame de Lourdes afirmou que “não apoia tal conduta e que a opinião expressada não reflete a posição da instituição”.

Em nota enviada a CartaCapital, a Sesp afirmou que o sobrevoo do helicóptero foi um pedido “da própria instituição educacional”, como parte das “atividades da Semana da Pátria realizada pelo colégio”.

Diz ainda a nota:

-Na ocasião, a bandeira do Brasil foi mostrada aos alunos sem nenhuma conotação política, mas no intuito de demonstrar o patriotismo nesta que é uma data importante para o país;

-Vale destacar que o Ciopaer [Centro Integrado de Operações Aéreas] realiza diversas atividades sociais e educacionais, visitando entidades sociais, escolas tanto públicas quanto particulares, com o objetivo de aproximar as forças de segurança e a população;

-Além do sobrevoo, membros do Ciopaer também estiveram no colégio nesta quarta-feira (01.09), proferindo palestra e orientações aos alunos sobre o tema “segurança pública”, sendo um convite feito pela própria instituição.

A reportagem também procurou o Colégio Notre Dame de Lourdes, mas ainda não obteve resposta. O espaço segue aberto para manifestação.