banner970x250_ALERO_MULHER.gif

Atletas de Porto Velho dão show na ginástica aeróbica em Aracaju




Pelo menos 10 atletas da ginástica aeróbica estão levando medalhas para Porto Velho, conquistadas no torneio nacional da modalidade neste sábado em Aracaju. A ginasta do Clube Semes Talentos do Futuro, Duda Tavares, confirmou o favoritismo ganhando o ouro em seu nível, 0 número 5, o mais elevado da categoria. Os dirigentes da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) elevaram a jovem promessa rondoniense, e no próximo ano, ela disputará o Campeonato Brasileiro de Ginástica Aeróbica. Duda foi acompanhada pela técnica Francimeire Lavareda e a assistente Stfanya Kássya. A delegação do Clube Semes Talentos do Futuro foi liderada pela secretária municipal de Esporte e Lazer, Ivonete Gomes, que agradeceu o apoio do prefeito Hildon Chaves e da primeira-dama, Ieda Chaves.


Além do Talentos do Futuro, outros clubes privados também levaram atletas. CECRO, Colégio Tiradentes, Darcy Ribeiro e Pingo de Gente se fizeram presentes ao ginásio Constâncio Vieira. Aysha Fernanda também venceu em sua categoria. Ela disputou pelo Individual Feminino Nível 4 e somou uma boa nota, e sua apresentação agradou aos jurados.


O Torneio Nacional de Ginástica Aeróbica aconteceu paralelo ao campeonato brasileiro da modalidade. Participaram das provas grupos do Rio de Janeiro, Pará, Minas Gerais e Sergipe, estado que levou o maior número de medalhas. Desde às 8 horas, as equipes já estavam concentradas no ginásio fazendo o aquecimento para início das disputas. Duda Tavares também estava alongando na área reservada atrás do tablado principal do torneio. Serena, ela disse estar com a cabeça tranquila. O grande desafio era acertar todos os passos treinados por meses a fio conforme o ritmo da música escolhida para a apresentação.


O Campeonato Brasileiro e o Torneio Nacional de Ginástica Aeróbica dão continuidade a uma série de eventos realizados pela Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) em parceria com as Loterias da Caixa Econômica Federal. O ginásio Constâncio Vieira é palco neste mês de setembro das maiores estrelas da modalidade. A estrutura instalada atende os parâmetros das grandes competições com tablados de alta qualidade para aquecimento e as provas principais. A capital sergipana é a sede da seleção brasileira de Ginástica Rítmica, onde as meninas treinam em um centro de excelência, também patrocinado pelo Governo Federal e o Governo de Sergipe.





Objetivo da Confederação Brasileira é a olimpíada


Presente ao torneio, o coordenador-geral da Confederação Brasileira de Ginástica, Henrique Motta, elogiou o nível técnico dos competidores e revelou que os eventos deste final de semana reuniram o maior número de entidades da história da ginástica aeróbica. “Esses dados nos trazem a certeza que estamos no caminho certo”, disse ele. Henrique comentou também que o objetivo da CBG é colocar a ginástica aeróbica nas olimpíadas, a exemplo que acontece com a ginástica rítmica. “A Confederação Internacional de Ginástica trabalha constantemente para implantar mais modalidades. A atividade é constantemente avaliada pelo comitê olímpico brasileiro”, afirmou.




Rondoniagora