Bannerweb_SOBREVIVENTE_ALERO_970x250-2.gif

Operação da Draco, PF e Exército visa prender acusado de vender armas para invasores



Uma megaoperação deflagrada nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira (23) pela Delegacia de Repressão as Ações Criminosas (Draco) com apoio da Polícia Federal e Exército Brasileiro visa prender membros de uma organização criminosa acusada de abastecer invasores de terras com armas de grossos calibres e munições.


A ação da polícia ocorre em Porto Velho, Ji-Paraná, São Miguel e Seringueiras. Estão sendo cumpridos 14 mandados de prisão e 18 de busca e apreensão em todo o estado.


A segunda fase da Operação Canaã tem o objetivo principal de prender criminosos que usam os movimentos sociais para cometer uma série de delitos.


Uma empresária do ramo de caça e pesca é uma das presas acusadas de comercializar munições e armas para os criminosos. A prisão aconteceu na Avenida Calama, bairro Igarapé, na capital.




























Rondoniaovivo