banner970x250_ALERO_MULHER.gif

ELE VOLTOU: Após ser filmado pela PF, deputado Lebrão preside comissão de Direitos Humanos



O deputado estadual, José Lebrão (MDB), filmado pela Polícia Federal – PF, recebendo dinheiro de propina e colocando dentro de um saco de lixo em um escritório na cidade de Ji-Paraná (RO) é presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Rondônia – ALE/RO.


Lebrão, que andava sumido da tribuna da ALE/RO presidiu a sessão da Comissão de Direitos Humanos na tarde desta terça-feira (29). Nessa reunião, os deputados sabatinaram os candidatos ao comitê de combate a tortura em Rondônia.


Denúncias arquivadas

No início desse mês, os membros do Conselho de Ética da ALE/RO arquivaram todos os pedidos de perda de mandato impetrados na Casa de Leis do Estado contra Lebrão.


O motivo seria que as denúncias teriam sido apresentadas por cidadãos comuns, que pelo regimento da ALE/RO não teriam direito a tal medida, que só poderia ser promovida por partido politico ou outro parlamentar.

Operação Reciclagem

Deflagrada em setembro do ano passado, a operação Reciclagem desmantelou um suposto esquema de pagamento de proprina de um empresário do ramo da coleta de lixo para prefeitos do interior de Rondônia.


Entre os prefeitos está Gislaine Lebrinha, filha do deputado Lebrão, que foi presa pela PF e teve dinheiro marcado de propina encontrado no forro de sua casa, na cidade de São Francisco do Guaporé.


O caso segue sob análise da Justiça.


Confira sessão:
 



Rondoniaovivo