Empresária “ostenta” vacina nas redes sociais e mostra critério “esquisito” para definir grupos prioritários

TEMA-08_WB_COVID-2021_728x90-px-1.gif

Outros municípios do Cone Sul imunizaram apenas servidores da rede pública de saúde

A “ostentação” de uma empresária, que também atua na área de saúde, em Vilhena, e que publicou nas redes sociais uma foto após tomar a primeira dose da vacina contra a Covid-19 já está causando indignação e pode acabar no Ministério Público.

A imagem da mulher, cuja identidade será mantida em sigilo, chegou à redação enviada por uma vítima da mesma doença, que conseguiu se curar, mas ainda tem sequelas.

De posse da informação, o site questionou a Gerência Regional de Saúde, que esclareceu: o órgão estadual apenas distribui as doses enviadas pelo Governo de Rondônia, cabendo às prefeituras elaborar um plano de vacinação.

Em outros municípios do Cone Sul, todas as vacinas recebidas foram aplicadas nos servidores da saúde que atuam na rede pública, com prioridade para os que estão na linha de frente da pandemia.

Em Vilhena, há relatos de funcionários de clínicas e laboratórios particulares que já foram imunizados. Donos de farmácias também estão enviando ofícios para que seus empregados tenham o direito de se vacinar.

Enquanto essas pessoas da iniciativa privada estão recebendo a vacina, e até divulgando nas redes sociais, alguns servidores do Hospital Regional, continuam enfrentando o vírus mortal apenas com a fé.

Com a palavra, o secretário municipal de Saúde, Afonso Emerick, cuja manifestação o site fica aguardando.



Fonte: Imagem ilustrativa
Autor: Da redação