Professor Matias está há mais de 20 dias na UTI do Hospital de Campanha

TEMA-08_WB_COVID-2021_728x90-px-1.gif




O historiador, professor e membro da Academia Rondoniense de Letras, Francisco Matias, segue internado na Unidade de Tratamento Intensivo – UTI, do Hospital de Campanha montado para atender pacientes infectados por COVID-19 em Porto Velho.

Matias deu entrada na UTI no último dia 23 de dezembro, precisou realizar hemodiálise após apresentar falhas em suas funções renais, porém, manteve-se e segue na sua luta contra os agravamentos da infecção.

De acordo com o último Boletim Médico divulgado nesta última terça (12), o professor Francisco Matias segue em estado grave. Ele precisou ser submetido a uma traqueostomia, que foi realizada com sucesso e o paciente teve de ser sedado.

Ele continua realizando hemodiálise, e os médicos aguardam uma tomografia da bexiga e uretra, além de um Laudo do Urologista para identificar de onde estão vindos os coágulos de sangue que estão impedindo a urina.

Matias vem respondendo bem as medicações, porém o grau de infecção ainda é alto.