Morre um dos fundadores da Academia de Letras de Rondônia

TEMA-08_WB_COVID-2021_728x90-px-1.gif


O professor Gesson Álvares de Magalhães, 86, morreu neste domingo (31) por complicações do coronavírus (Covid-19).


Ele passou mais de 30 dias internado lutando contra a doença, mas não resistiu.


O professor Gesson era membro fundador da Academia de Letras de Rondônia, ocupava a cadeira número dois, cujo patrono é o jornalista Ary de Macedo.


Era baiano e chegou a Porto Velho no início dos anos 1980. Foi mestre de várias gerações de escolares dos níveis mais diversos, atuando em escolas como o “Carmela Dutra”, ou lecionando em faculdades até se aposentar.


Sempre citado pelo seu trabalho literário, era motivo de inspiração para jovens poetas.





Rondoniaovivo