Aprovado projeto do Executivo que cria adicional para médicos que atuam no combate à Covid-19

TEMA-08_WB_COVID-2021_728x90-px-1.gif



O Governo do Estado Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) mais uma vez avança em suas ações, com a elaboração do Projeto de Lei nº 927/2021, que cria a verba indenizatória temporária para cargos de difícil provimento ou difícil lotação nas unidades hospitalares referência no tratamento ao coronavírus. O PL foi encaminhado e aprovado em sessão extraordinária na Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE), na manhã desta segunda-feira, 18.


O Projeto objetiva gratificação aos médicos que estão na linha de frente contra à doença. A gratificação temporária pode chegar até R$ 5 mil, variando de acordo com a área de atuação e carga horária dos profissionais da saúde que prestam assistência médica aos pacientes acometidos pela Covid-19 em Unidades de Terapia Intensiva.

O objetivo do Governo do Estado é estimular a adesão de mais médicos para atenderem a população neste momento crítico da pandemia, uma vez que os leitos de UTI´s estão ocupados, mas faltam médicos. A aprovação da gratificação idealizada pelo Executivo Estadual, veio em momento oportuno, em que o Ministério da Saúde (MS) já deu início à distribuição das vacinas contra à Covid-19 aos estados brasileiros.

Em Rondônia, o Governo já alinhou o Plano de Vacinação com os 52 municípios e atuando de forma antecipada, comprou insumos como seringas, além de estruturar a Rede de Frio para armazenamento dos imunizantes.


Fonte
Texto: Jaqueline Malta
Fotos: Frank Néry
Secom - Governo de Rondônia