PERVERSÃO SEXUAL: Sadomasoquista é preso por agredir garota de programa na hora do sexo

Banner-8_728x90-px.gif


Dizendo ser sadomasoquista, um homem de 28 anos foi preso na tarde deste sábado (12) por agredir uma garota de programa de 33 anos em uma casa de prostituição na região do bairro Cai N'agua, no Centro de Porto Velho (RO).


A mulher foi amparada por outros clientes e funcionários do local que ouviram a gritaria no quarto. Segundo a ocorrência, o acusado estava consumindo bebida alcoólica no ambiente e após um determinado tempo contratou os serviços sexuais da garota de programa.


Os dois foram para um dos quartos da boate, mas ao entrar a mulher já foi sendo agredida pelo cliente. Ele teria começado a morder os seios dela, em seguida desferiu fortes tapas nas nádegas da vítima.


O homem jogou a mulher na cama e a agrediu na sequência com tapas no rosto. Neste momento a vítima começou a gritar por socorro. Outros clientes do ambiente e funcionários invadiram o quarto e ajudaram a garota de programa.


Algumas testemunhas mais revoltadas com as agressões cometidas pelo homem tentaram fazer Justiça com as próprias mãos. A Polícia Militar foi ao local e prendeu o homem.


Aos policiais, ele alegou ser sadomasoquista (tem prazer em dar ou receber dor física na hora do ato sexual). O homem foi apresentado na Central de Flagrantes.