GIF-SEU-PODER_970x250-1.gif

Justiça decide que assassino de Beto Andreoli irá a júri popular

 

    Foto: Reprodução/Facebook | Beto Andreoli


O assassino de Alberto de Carvalho Andreoli, conhecido como Beto, irá a júri popular, conforme decisão do Justiça do Estado de Rondônia. O autor do crime é João Luiz da Silva Filho, e foi praticado no dia 12 de abril de 2020, no Bairro Embratel, em Porto Velho. Alberto era filho do jornalista Paulo Andreoli, proprietário do jornal eletrônico Rondoniaovivo.


 
João Luiz foi preso no mesmo dia do crime e a denúncia foi aceita pelo Ministério Público de Rondônia, em maio desse ano. Durante a fase de instrução foram ouvidas dez testemunhas e os autos recebidos na última quinta-feira(17) pelo MP.

 
O autor do crime irá responder por homicídio qualificado por motivo fútil. Segundo as investigações, o assassinato teria sido motivado pelo fato de a vítima ter quebrado um capacete de João. O réu também está sendo acusado de ter cometido o crime usando meio cruel e sem defesa para a vítima. 

 
Com a publicação da sentença de pronúncia, defesa e acusação devem apresentar as testemunhas para depor em plenário e, em seguida, o juiz deve determinar a inclusão do julgamento em pauta.


Por Rondoniaovivo