PC deflagra operação contra o tráfico de medicamentos controlados em RO

Banner-8_728x90-px.gif



Agentes da Delegacia de Polícia de Ouro Preto do Oeste/RO deflagraram, na manhã desta segunda-feira (30), uma operação visando coibir o tráfico de medicamentos no Estado. Os policiais cumpriram mandados de busca e apreensão em residências nos municípios de Ouro Presto do Oeste e Ji-paraná, em Rondônia.


A ação contou com o apoio do Conselho Regional de Farmácia do Estado de Rondônia, CRF/RO.


Os trabalhos policiais apontaram que um ex-funcionário de uma grande rede de farmácia e um representante de uma empresa de distribuição de medicamentos estariam desviando substâncias de uso controlado e realizando compras irregulares em nome da farmácia para possível revenda em “mercado paralelo”. Conduta esta que pode configurar o crime de tráfico de drogas, cuja pena pode chegar a 15 (quinze) anos de prisão.


Foram apreendidos diversos caixas medicamentos, incluindo 50 (cinquenta) caixas de psicotrópicos que causam dependência sem qualquer nota fiscal ou receitas médicas e em condições precárias de armazenamento.


Titular da Delegacia de Ouro Preto e responsável pelas investigações, o Delegado Niki Alves Locatelli esclareceu que muitas pessoas não sabem que a venda irregular de medicamentos pode configurar o crime de tráfico de drogas, além de causarem grandes prejuízos à saúde pública, visto que a comercialização irresponsável de psicotrópicos, principalmente os voltados ao combate da ansiedade e depressão, tem causado dependência e danos irreversíveis em pacientes.


Assessoria