FATALIDADE: Pai, filho e amigo de Rondônia morrem atingidos por raio no Amazonas

R-BANNER-VAI-PASSAR_01_728x90-1.gif



CORREIO CENTRAL – Uma tragédia se abateu sobre a tradicional família Umbehaun, que é pioneira na região de Ouro Preto do Oeste, com a fatalidade ocorrida com o produtor rural Eteoberto Umbehaun, 58, e o seu filho Werne Umbehaun, o “Gauchinho”, de 31 anos, que morreram na tarde da última quarta-feira (30) na área rural do distrito de Santo Antônio do Matupi, conhecido por Km 180, na Rodovia Transamazônica.


Eteoberto e Werne, e o jovem o jovem Claudivan, de 20 anos, que era vizinho de terra dos Umbehaun, morreram após serem atingidos por uma árvore enorme que partiu ao meio ao ser atingida por um raio.

Familiares de Eteoberto e Werne que se encontram no distrito de KM 180, relataram que na tarde do ocorrido havia caído uma árvore de castanheira na estrada, pai e filho com a ajuda de Claudivan foram para a estrada serrar e retirar a árvore. Um raio caiu em outra árvore de castanheira próxima, atingindo pai, filho e o jovem.

Os corpos de Eteoberto e de Werne foram enterrados no distrito de Santo Antônio do Matupi onde eles eram bastante conhecidos e estavam há 15 anos trabalhando na atividade da pecuária leiteira, e produção de leite.

Em nome da família, o produtor rural e patrão das competições de vaquejada e laço comprido Theobaldo Umbehaun, da Estância “Pialo das Morenas”, localizada na Linha 12 da RO-470 (Linha 81), lamentou a trágica morte do irmão, do sobrinho e do rapaz que ajudava na hora da retirada da árvore da estrada.

Membros da família Umbehaun, ainda enlutados e consternados, neste momento de profunda dor, agradecem a solidariedade dos amigos e a todos da comunidade de Santo Antônio do Matupi e de Ouro Preto do Oeste (RO) que manifestam suas condolências.



Fonte: Correio Central