R$ 10 MIL: Recompensa para quem tiver informações sobre paradeiro de 100 bezerros

BANNER-VAI-PASSAR_02_728x90.gif 728x90d411b4316c22701e.gif


JARU ONLINE - As autoridades estão em busca de descobrir que são os responsáveis pelo furto de ao menos cem cabeças de bezerros, na Fazenda Gralha Azul, na Linha 101, Km-04, em Ji-Paraná.


Conforme informações do jornalista Edmilson Rodrigues, o gado pertence ao veterinário Wesley Batista e seu pai. Eles desconfiam que caminhões de grande porte, como carretas boiadeiras, foram usados para o transporte dos bezerros e bezerras, com idades entre 8 e 12 meses. Os animais estão usando as marcas “JB” e “WB”.


Os proprietários divulgaram que foram levados mais de cem cabeças, entre o gado, estão 25 bezerras das raças Gir e Girolando. Quem furtou cortou o arame liso do curral, dentro da propriedade. Um barracão também foi arrombado, além do gado, do arrombamento e da destruição parcial do curral, levaram também celas para montaria.


Os dois pecuaristas estão oferecendo em torno de R$ 10 mil, de recompensa para quem der informações que levem ao paradeiro do gado.


A Polícia Civil está investigando através do Sevic. O furto foi registrado no mês passado, em 19 de agosto e até esta sexta-feira, não há informações.


A Polícia Militar e todas as delegacias da Polícia Civil nas regiões de Ji-Paraná, nos municípios da região de Ouro Preto do Oeste, e das cidades da região do Vale do Jamari, como Buritis, Monte Negro e Campo Novo, estão em busca de informações.