CRIME BÁRBARO: Mulher que participou de decapitação no Morar Melhor é presa pela Polícia Civil

R-BANNER-VAI-PASSAR_01_728x90-1.gif


A Polícia Civil do município de Cerejeiras (RO) prendeu na manhã deste sábado (5) uma foragida da cidade de Porto Velho suspeita da participação na morte e decapitação do jovem Rubem Arial Silva Souza, 18 anos, ocorrido na madrugada do dia 23 de junho deste ano, no residencial Morar Melhor na capital.


Após diligências referentes à repressão ao tráfico de drogas, foi localizada Letícia de Souza Nunes em um estabelecimento comercial na Avenida Integração Nacional, Bairro Jardim São Paulo, sendo constada a existência de um mandado de prisão preventiva em desfavor de Letícia expedido pela 1ª Vara do Tribunal do Júri de Porto Velho.


Letícia de Souza Nunes era considerada foragida após a deflagração da Operação “louva-a-deus” da Delegacia de Homicídios de Porto Velho ocorrida na data de ontem.


Após cumprimento do mandado de prisão, a conduzida foi encaminhada para Casa de Detenção local e ficará à disposição da justiça e será recambiada a capital futuramente. Fonte e crédito de foto Policia Civil de Cerejeiras.


SINSEPOL