Plano Estadual de Resíduos Sólidos de Rondônia está disponível à população eletronicamente

Banner-8_728x90-px.gif


A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Ambiental (Sedam) disponibiliza eletronicamente para a população o Plano Estadual de Resíduos Sólidos (PERS) do Estado de Rondônia, importante ferramenta para o desenvolvimento das políticas públicas para a proteção da saúde, preservação ambiental e o gerenciamento adequado dos resíduos sólidos.


O Plano Estadual de Resíduos Sólidos, com sua aprovação, vem ao encontro das ações que o Governo de Rondônia vem realizando, por meio da Sedam, para o desenvolvimento sustentável, cuidando do meio ambiente e dando atenção à saúde da população para as próximas gerações.


Com o intuito de provocar uma gradual mudança de atitudes e hábitos da sociedade, desde a geração até a destinação final dos resíduos, o PERS contempla todo o território de Rondônia para um horizonte de vinte anos com revisões a cada quatro anos. “Também aponta caminhos, orienta investimentos, como também define diretrizes para os planos das regiões metropolitanas, aglomerações urbanas e microrregionais, bem como para os planos municipais e intermunicipais de gestão integrada e para os planos de gerenciamento dos grandes geradores de resíduos. Mais qualidade de vida e uma nova consciência e relação da população com os seus resíduos”, explica a coordenadora de Recursos Hídricos (Coreh), Daniely da Cunha Oliveira Sant’Anna.


O PERS foi aprovação pelo Comitê Diretor, publicado no dia 02 de junho de 2020 no Diário Oficial, página 62. É um instrumento previsto na Política Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS) na Lei n° 12.305/2010 e foi elaborado com o intuito de integrar, organizar e planejar ações envolvendo os 52 municípios do estado de Rondônia.


A coordenadora de Recursos Hídricos, Daniely , explica o plano estabelece uma série de melhorias, como o incentivo à indústria de reciclagem, o consorciamento municipal para a gestão de resíduos sólidos urbanos, a integração de catadores de materiais recicláveis nas ações que envolvam a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos, conforme Art. 70 da Política Nacional de Resíduos Sólidos.


ELABORAÇÃO


O plano foi elaborado pela empresa vencedora da licitação, contrato n° 488/PGE/2018, que trabalhou com apoio técnico coordenadoria de Recursos Hídricos da Sedam para a integração das medidas de manejo dos resíduos sólidos, a fiscalização, educação ambiental, e capacitação técnica, que deve refletir em melhorias ao meio ambiente e à população.


Na elaboração do Plano, foi realizado primeiramente um “raio-x” do Estado, avaliando a disposição irregular dos resíduos sólidos em determinadas áreas, como em um lixão onde o solo é contaminado e, consequentemente, o lençol freático, atraindo vetores, e emitindo gases com a decomposição dos resíduos. E foram realizadas, no ano passado, em vários municípios, audiências públicas para explicar o PERS à população.

Leia Mais :

Comunidade é convidada para participar da apresentação do Plano Estadual de Resíduos Sólidos de Rondônia

Oficina da Sedam mostra avanço na execução do Plano Estadual de Resíduos Sólidos em Rondônia

Governo de Rondônia convida sociedade a participar do seminário de divulgação do Plano Estadual de Resíduos Sólidos do Estado

Fonte
Texto: Elaine Barbosa
Fotos: Jeferson Mota
Secom - Governo de Rondônia