Secretário de Rondônia Fernando Máximo recebe alta da UTI após melhorar do coronavírus

R-BANNER-VAI-PASSAR_01_728x90-1.gif


O secretário estadual da saúde, Fernando Máximo, recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva nesta segunda-feira (20) em Porto Velho. Ele estava hospitalizado na UTI desde 10 de julho, por causa de complicações do novo coronavírus.


Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) diz que Máximo vai seguir internado, porém agora ficará em um quarto-enfermaria.


Um vídeo postado pela família de Máximo mostra o secretário respirando, na semana passada, com ajuda de ventilação mecânica dentro da UTI. Na ocasião, os parentes aproveitaram para pedir oração a Fernando Máximo.


“Com fé em Deus, em breve ele poderá voltar a ajudar a salvar vidas, ofício que realiza há tantos anos. Pedimos que todos continuem em oração”, diz a nota da família.

Anúncio de infecção e internação
Fernando Máximo anunciou no dia 7 de julho, uma terça-feira, que havia testado positivo para a Covid-19. A confirmação da doença foi feita pelo próprio secretário em suas redes oficiais.

No vídeo daquele dia, Máximo falou com uma respiração ofegante e afirmou que estava saindo da linha de frente do combate à Covid-19, pois precisava se tratar.

“Chegou a hora de cuidar também da minha saúde, testei positivo para coronavírus. Com fé em Deus, em breve estarei recuperado e de volta ao front de batalha para cuidar da saúde do nosso povo. Por enquanto, trabalhando em casa nas orientações, nos planejamentos”, escreveu.

Na noite de sexta-feira (10), o quadro de saúde do secretário piorou e ele foi internado em uma UTI de Porto Velho. A unidade onde ele está internado não foi divulgada.

G1