RACHA E MORTE: 'Eu só estava rápido e o ciclista atravessou na frente', diz motorista; assista

R-BANNER-VAI-PASSAR_01_728x90-1.gif


Em entrevista realizada na frente da Central de Flagrantes, o motorista Gabriel V. D. L P., 24, preso por atropelar e matar o ciclista Tiago da Silva Santos, 22, afirmou que não estava participando de racha.


Ele foi preso na noite de sexta-feira (24) no Espaço Alternativo, em Porto Velho (RO). Segundo testemunhas, Gabriel dirigindo um carro modelo Onix Turbo estaria apostando corrida (racha) com um automóvel modelo Corolla.


O carro Onix acabou atropelamento e matando o ciclista nas proximidades do hospital de Base.


"Eu só estava rápido e nem conhecia o motorista do outro carro", disse Gabriel alegando ainda que o ciclista teria atravessado de uma vez na frente do carro.


Na delegacia, Gabriel foi indiciado pelo crime de homicídio doloso e ficou preso à disposição da Justiça.


O outro envolvido

A Polícia Militar após obter informações de testemunhas e também de colher imagens de câmeras de monitoramento da região, conseguiu identificar o suposto motorista do carro Corolla que estaria disputando racha com o Onix.

Trata-se de um jovem que seria filho de um empresário dono de uma farmácia em Porto Velho. A policia fez diligências, mas não conseguiu encontrá-lo.



Rondoniaovivo