Operação da Polícia Civil cumpre 31 mandados de prisão contra envolvidos em homicídios, roubo e tráfico

R-BANNER-VAI-PASSAR_01_728x90-1.gif

Vinte e duas pessoas foram presas temporariamente na manhã desta terça-feira (21), durante a Operação Manus Legis, deflagrada pela Polícia Civil de Candeias do Jamari para desarticular uma organização que atuava na cidade em crimes de homicídios, roubos e tráfico de drogas.

No total, foram expedidos pela justiça 31 mandados de prisões temporárias e 29 de busca e apreensão. As diligencias continuam sendo realizadas pelos policiais para dar cumprimentos a todos os mandados.


A operação é fruto de investigações que duraram três meses, realizada pelos policiais de Candeias, coordenados pelo delegado Jó Lopes da Silva. Nesta manhã, o Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), Departamento de Polícia Especializada e Polinter, prestaram apoio na deflagração da operação.



A Polícia Penal também presta apoio na ação. Pelo menos seis apenados que integravam a organização criminosa de dentro de presídios da Capital também tiveram suas prisões temporárias decretadas.

Segundo a diretora Rosilei de Lima, vários locais que funcionavam como ponto de venda de drogas foram fechados pelos policiais durante a ação. Os lideres da organização criminosa que atuava na região foram presos. “Esses criminosos se titulavam como donos de Candeias do Jamari, mas nós deflagramos essa operação pra mostrar que o crime não manda na cidade”, disse a diretora.


Hora1 Rondônia