Fase 1: Mesmo com decreto, comércio de Ji-Paraná segue aberto, a todo vapor

Banner-8_728x90-px.gif


Apesar do decreto do Governo Estadual, aderido pelo Prefeito Marcito Pinto, onde Ji-Paraná está inclusa, entre as 24 cidades que deveriam voltar a FASE 1 das medidas restritivas, e permanecer abertos somente comércios que são considerados essenciais, não aconteceu na prática.

Quem transitava pela Av. Brasil hoje, pode perceber que os comerciantes relutaram e abriram seus comércios. A verdade é que o comércio não aguenta mais ficar parado.

As vendas caíram uma porcentagem alta desde a pandemia, e não há mais condições de medidas duras como essa, que segundo muitos, significa; pessoas desempregadas e comércios abrindo falência e por consequência, pessoas passando dificuldades.

A esperança é que, com os leitos de UTI que possivelmente serão locados em um hospital particular da cidade viesse a reverter a situação, e o governador do estado mudasse o decreto, haja vista que Ji-Paraná tem seguido a risca as medidas de segurança sanitária, como álcool em gel e outras medidas que o comércio teve que se adaptar.


Agora é aguardar que os parlamentares olhem com “carinho” para cidade.






Rondônia Atual