DINHEIRO NO RALO- Ada Dantas reclama sobre recapeamentos em vias boas

R-BANNER-VAI-PASSAR_01_728x90-1.gif




A vereadora Ada Dantas Boabaid (PDT) fez pronunciamento sobre sua insatisfação ao ver a prefeitura de Porto Velho fazer o recapeamento em ruas e avenidas sem que houvesse a necessidade de tal serviço, tendo em vista as boas condições já existentes no local. A parlamentar salientou ainda sobre a necessidade de usar o asfalto em outros pontos da cidade.



Conforme informou Ada Dantas, Porto Velho possui mais de 300 km de vias urbanas que ainda estão sem asfalto. Muitas destas ruas não recebem, sequer, cascalho para nivelamento visando amenizar o sofrimento dos moradores referente aos buracos. O flagrante feito pela vereadora ocorreu na Avenida Pinheiro Machado com Rua Major Amarante, Bairro Arigolândia, região central da capital. Algumas ruas e avenidas com baixo tráfego de veículos e com asfalto em boas condições foram beneficiadas com asfalto novo, enquanto centenas de ruas perecem deste benefício ao povo.


A parlamentar comentou ainda sobre inúmeras ruas e avenidas que são asfaltadas e possuem alto fluxo de veículos, mas devido a vários serviços de tapa buracos ficaram com a baixa qualidade para o tráfego diário de centenas de automóveis, motos, ônibus e afins. “Na zona sul temos a Avenida Jatuarana e Rua Angico por onde passam milhares de veículos diariamente. Ambas deveriam ser recapeadas para dar mais fluidez ao trânsito, garantindo mais conforto e prevenindo os condutores de problemas mecânicos em seus veículos”, afirmou Ada Dantas.


Outras vias que merecem atenção, segundo a vereadora, é a Avenida Amazonas desde a Avenida Nações Unidas até a Rua Goianésia, Avenida dos Imigrantes entre a Estrada da Penal e Rua Daniela, Avenida Calama entre Guaporé e Mamoré, dentre outras que são utilizadas com frequência com alta demanda veicular.


Finalizando, Ada Dantas ressaltou que o Bairro Cohab Floresta e Bairro Fortaleza ainda não estão totalmente asfaltados e a população cobra que a promessa feita pela prefeitura seja cumprida. No Bairro Habitar Brasil, por exemplo, há drenagem em todas as ruas, mas os moradores ainda sofrem com a lama no inverno e poeira no verão, aguardando que o executivo municipal entre com o asfalto.


“Não dá para entender o princípio da eficiência da Prefeitura de Porto Velho. Os recursos são encaminhados para o município utilizar no recapeamento de algumas vias, porém, os locais onde o recurso está sendo aplicado não está agrando a população, afinal, ruas e avenidas que poderiam estar recebendo este serviço continuam abandonadas”, concluiu a vereadora Ada Dantas.



https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=203725750975121&id=281318625386501



Fonte: Assessoria