Unidades de segurança pública de Rondônia recebem desinfecção contra o coronavírus

BANNER-VAI-PASSAR_02_728x90.gif 728x90d411b4316c22701e.gif


O governo de Rondônia dá continuidade ao trabalho completo de desinfecção de todos os prédios das delegacias e Unidades Integradas de Segurança Pública (Unisp) em todo Estado, visando proteger as pessoas que buscam o serviço policial nessas unidades e também os servidores da segurança nelas lotados.

Desde o dia 30 de maio esse trabalho está sendo realizado, onde já completou o ciclo com abrangência em todas as unidades. Segundo o delegado, Samir Fouad, diretor-geral da Polícia Judiciária Civil, diferentemente da Central de Flagrantes, em Porto Velho, que passa por desinfecção toda semana, devido ao grande fluxo de pessoas, as demais unidades também já receberam as equipes de desinfecção pelo menos uma vez, como estratégia da Segurança Pública, para evitar a disseminação do novo coronavírus no ambiente policial e de segurança.

Mesmo diante da situação de crise provocada pela pandemia do coronavírus, o trabalho da polícia (segurança) não sofreu baixa e continua nos mesmos níveis de atendimento à população, “com uma ação valorosa da Polícia Militar nas ruas, e das equipes da Polícia Civil em seu trabalho de rotina que, simultaneamente têm levado orientações adequadas à população para prevenção da doença”, como enfatizou o delegado, acrescentando o pedido para que a comunidade se atente aos cuidados, de forma a antecipar o fim da pandemia no Estado, que é objetivo de todos.

AÇÕES NAS UNIDADES DA SEGURANÇA

O trabalho de desinfecção iniciou nas instalações das unidades das Unisp, 1ª Delegacia de Polícia, Instituto Médico Legal (lML), Corregedoria de Polícia, Delegacia Especializada ao Atendimento à Mulher de Ji-Paraná, e da Delegacia de São Miguel do Guaporé, sendo estendido por todas as unidades da Segurança Pública no Estado.

Adquiridos com recursos da Polícia Civil e emenda parlamentar, entre os materiais para assepsia e higienização comprados para este fim estão hipoclorito concentrado, água sanitária, álcool em gel 70%, desinfetante hospitalar concentrado, sabonete líquido para higienização das mãos e dispenser (frasco) para acondicionamento de sabonete líquido, que estão sendo distribuídos a todas as unidades da Segurança Pública.

Por outro lado, segundo informou Anderson Fernandes, gerente de Administração e Finanças (GAF), o processo de aquisição dos equipamentos de proteção individual (EPI), no âmbito da Polícia Civil, como reforço do conjunto de medidas, está adiantado, devendo ser homologado nos próximos dias. Segundo ele, todas as medidas foram adotadas e as aquisições já estão em curso, visto que o procedimento foi realizado por meio de Ata de Registro de Preços para a compra desses materiais.

Considerada uma ação de vital importância para a proteção dos servidores e da população contra infecções, a Instituição está atenta às orientações dos órgãos de saúde e do governador Marcos Rocha, para prevenção do coronavírus, com uma proteção ampliada do seu público interno e externo.

Leia Mais:

Central de Flagrantes em Porto Velho é desinfectada contra o coronavírus

Operação Todos Pela Vida conscientiza população sobre a importância do distanciamento social, em Porto Velho

Fonte
Texto: Cleuber Rodrigues Pereira
Fotos: Daiane Mendonça
Secom - Governo de Rondônia