'DELIVERY DO PÓ': Motoboy de empresa de entregas por aplicativo é preso vendendo droga

R-BANNER-VAI-PASSAR_01_728x90-1.gif


O motoboy de uma conhecida empresa de serviços de entregas foi preso na noite de quarta-feira (17) acusado de tráfico de drogas na Rua Coqueiros, bairro Nova Floresta, zona Sul de Porto Velho (RO). Ele foi identificado como Carlos Richarles S. N., 39.


Uma guarnição da Polícia Militar do 9° Batalhão contou em ocorrência que viu o suspeito parado em uma motocicleta Honda Fan de cor vermelha. Ele usava camisa e mochila com o nome da empresa de entregas de compras pela internet.


Os policiais ficaram desconfiados por ele estar em uma região de tráfico de drogas e fizeram a abordagem. Com o motoboy logo foram encontradas 10 porções de cocaína e a quantia de R$ 390,00.


Carlos Richarles confessou o crime, mas alegou estar arrependido e que só continuava praticando tráfico por passar necessidades em casa.


Carlos também admitiu que as entregas eram do modo delivery, bastava o usuário ligar que ele ia deixar. Inclusive no momento da abordagem um viciado telefonou encomendando droga.


Carlos Richarles foi apresentado na Central de Flagrantes para as devidas providências.



Rondoniaovivo