Após morte de filho, mãe indígena também morre de Covid-19 em RO

R-BANNER-VAI-PASSAR_01_728x90-1.gif


A indígena Enedina da Silva Karitiana, 86 anos, faleceu na manhã dessa quinta-feira (04), em Porto Velho. Ela é mais uma vítima da covid-19 em Rondônia, e a segunda entre as comunidades indígenas do Estado.


Na semana, dia 25 de maio, o filho dela, Gumercindo Karitiana, também morreu infectado pela covid-19. Ele era da aldeia central Karitiana, e a mãe, da Aldeia Beijarana.


Segundo informações de um membro da tribo Karitiana, os casos de Covid-19 estão se multiplicando entre eles, mas muitos nas aldeias não estão levando a sério. “Noventa e nove por cento dos Karitianas tiveram sintomas de covid-19, mas graças a Deus parece que está no controle. Eles não acreditam que o covid-19 mata as pessoas, para eles existe remédio”, afirmou.




Fonte: Rondoniaovivo