Veja vídeo: Gavião sai do seu habitat para fazer refeição na mão de morador em RO

S-BANNER-VAI-PASSAR_02_728x90.gif BANNER-COVID-2_728X90-px.gif


Um caso raro vem acontecendo na cidade de Alvorada do Oeste Rondônia. Uma ave bastante conhecida na região norte do Brasil, chamada de Gavião Carijó, está sendo alimentada por um morador na área urbana da pequena cidade de Alvorada.


O gavião ganhou o nome de Fred, e ainda não completou um ano de idade, segundo o cuidador da ave, ele encontrou Fred, como é carinhosamente chamado, ainda filhote após passar por uma mata, onde uma árvore havia caído. Eram dois filhotes, mas apenas Fred sobreviveu. Com pena, o morador o pegou, levou e cuidou dele até ele pegar idade para retornar a natureza.


Fred, ele voa para natureza e geralmente a cada dois dias ele retorna, sempre é recebido com uma boa alimentação, já teve caso de Fred retornar com 5 “amigos” gavião. Fred tem uma relação muito bonita com seu cuidador, logo lembra uma frase de Rubem Alves que diz assim “amar é como ter um pássaro pousado no dedo, quem tem um pássaro pousado no dedo sabe que a qualquer momento ele pode voar, e ele voa para outros lugares mas sempre volta para cá” e assim é com Fred.


Uma ave de rapina, o gavião-carijó cumpre um importante papel para o equilíbrio da fauna, pois evita a superpopulação de ratos e pombos, por exemplo. É uma espécie também muito vítima de maus-tratos, por ser visto como uma ameaça aos galinheiros e a aves pequenas (pássaros), procuradas pelo caçadores para comercialização, o que configura crime ambiental. No próprio Cetas, alguns gaviões-carijós, vítimas de espingarda de chumbo, já receberam tratamento.




Fonte: Correio do Vale