Trabalhador braçal é encontrado morto com corte no pescoço em sítio na região do distrito do Guaporé

BANNER-VAI-PASSAR_02_728x90.gif 728x90d411b4316c22701e.gif


O homem que foi contratado junto com a vítima e está desaparecido é o principal suspeito

Um homem de aproximadamente 35 anos foi encontrado morto uma propriedade rural na Linha 85, no distrito do Guaporé, comunidade às margens da BR-364 que pertence ao município de Chupinguaia e que fica a 90 km de Vilhena.

A vítima, que não tinha nenhum documento consigo, era conhecida, segundo o dono da propriedade onde ele prestava serviço, por “Negão dos Cachorros”. Ele foi encontrado dentro de casa com um corte no pescoço. De acordo com informações, a arma do crime não foi encontrada.

O dono do sítio foi quem encontrou o corpo do homem. Ele contou que contratou a vítima e outro trabalhador braçal para realizar algumas diárias na sua propriedade. Disse ainda, que esteve ontem no local e estava tudo em ordem. Hoje, quando retornou ao sítio encontrou “Negão dos Cachorros” morto. O segundo homem não foi localizado.

Uma equipe de peritos de Vilhena se deslocou até o local para a realização da perícia.





Fonte: Folha do Sul Online