MULHER MATA MARIDO E ESCONDE O CADÁVER NO JARDIM DE CASA

CORONAVIRUS_02_468X60-px.gif


Uma mulher de 38 anos, que não teve a identidade divulgada, confessou nesta segunda-feira (18) ter matado e enterrado o corpo do marido no jardim de sua casa. O caso aconteceu em 2018, no Parque Tremendão, em Goiânia. Segundo a Polícia Civil, ela afirmou que cometeu o crime ao tentar se defender da vítima durante uma discussão.


O G1 não conseguiu localizar o advogado da suspeita até a publicação desta reportagem.


De acordo com a delegada Marcella Orçai, que investiga o caso, em depoimento, a mulher contou que, no dia do crime, ela e o marido discutiram, e ele começou a enforcá-la. Para se defender, a investigada alega que deu uma facada no peito dele. Em seguida, enterrou o corpo com a ajuda de um usuário de drogas do bairro.


A mulher disse ainda à polícia que o marido era violento. "Ela afirmou que o crime foi motivado pelo fato de não aguentar mais as agressões contra ela e as filhas, três meninas com idade entre 20 e 7 anos, sendo as duas mais novas também filhas dele", disse a delegada.


A mulher deve responder pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver. Se não for comprovada a legítima defesa, ela pode pegar de 6 a 20 anos de prisão pelo assassinato. Já para ocultação de cadáver, a pena prevista é de até 3 anos de reclusão.


Mulher confessa ter matado marido e enterrado corpo há dois anos no jardim de casa, em Goiânia — Foto: Reprodução/TV Anhanguera




Fonte: G1