Leis confirmam aumento para policias e indenização de R$ 300 para quem enfrenta o Coronavírus

Banner-8_728x90-px.gif


Diferente do informado pela Secretaria de Comunicação, que garantiu que a proposta teria modificações, o governador Marcos Rocha sancionou o projeto encaminhado por ele para a Assembleia Legislativa e que define aumento salarial para a PM e Polícia Civil, as duas únicas categorias beneficiadas com reajuste nos últimos meses. O aumento entrará em vigor apenas após a pandemia causada pelo Coronavírus e se o Estado tiver capacidade financeira, diz o texto da Lei 4.781, publicada nesta quinta-feira (27) no Diário Oficial do Estado.


Com o aumento delegados da classe especial passarão a receber R$ 21.740,93 e um coronel da PM, R$ 15.762,81.


Após o envio do projeto para a Assembleia, categorias ligadas ao setor de saúde realizaram protestos porque não foram beneficiados.


Também foi publicada nesta quinta-feira a Lei 4.782, que garante indenização de R$ 300 aos servidores que estão atuando no enfrentamento ao Coronavírus.


Houve alterações na Lei, que beneficia profissionais da área da saúde que estejam lotados nas unidades de saúde e nos setores administrativos, “exceto àqueles que estejam em serviço de Home Office, afastados ou por qualquer outro motivo que impeçam suas atividades”.


Outros beneficiados serão os servidores e militares da segurança pública tenham exercido suas atividades no mínimo 4 (quatro) vezes no mês, em escalas de plantão de serviço ostensivo, investigativo ou de fiscalização, “excetuando-se aos que estejam em Home Office, atividades internas e administrativas ou afastados por qualquer motivo que os impeçam suas atividades”.


CLIQUE E CONFIRA AS LEIS




Rondoniagora