Grupo resgata animais que estavam há dez dias abandonados, sem água e comida, e aciona a polícia, em Vilhena

Banner-8_728x90-px.gif



Homem de 36 anos é suspeito de ter deixado animais sozinhos em casa

Dois cães de raças diferentes foram resgatados ontem, no bairro Alto dos Parecis, em Vilhena, após vizinhos constatarem que eles haviam sido abandonados numa casa, após a mudança dos moradores.

O resgate aconteceu após uma denúncia ser feita através da internet, na página do Grupo Amor de 4 Patas, ONG que se dedica a acolher animais vítimas de maus tratos na cidade. Depois de socorrer os cães, a polícia identificou um homem de 36 anos, suspeito de ter abandonado os bichinhos.

Em seu perfil no Facebook, o assessor parlamentar Dhonatan Pagani Francisco Vieira, 23, membro do grupo que atuou no resgate, publicou informações sobre o resgate, revelando que os cachorrinhos haviam passado 21 dias abandonados, 10 deles sem comida e água.

Na publicação feita na rede social, Dhonatan, que após o recebimento da denúncia filmou a casa onde os animais viviam em condições precárias, escreveu o alerta abaixo:

“ABANDONO É CRIME!
Eles passaram 21 dias abandonados, 10 deles sem comer ou beber, e foi graças a solidariedade dos vizinhos que os doguinhos conseguiram sobreviver até aqui.

Após receber denúncias fomos ao local e acionamos a Polícia.
Em caso de abandono ou maus trato de animais vá à delegacia de polícia mais próxima para lavrar o Boletim de Ocorrência (BO), ou compareça à Promotoria de Justiça do Meio Ambiente.

A denúncia de maus-tratos é legitimada pelo Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605, de 12.02.1998 (Lei de Crimes Ambientais) e pela Constituição Federal Brasileira, de 05 de outubro de 1988”.




Fonte: Foto: Atelier Papiro
Autor: Da redação