Pastores evangélicos de Rondônia se reúnem com o governador para tratar sobre abertura das igrejas no Estado

Banner-8_728x90-px.gif


Representantes de várias denominações evangélicas, que juntos correspondem a mais de 3.500 igrejas em todo o estado de Rondônia, estiveram reunidos com o governador coronel Marcos Rocha, na última terça-feira (21), no auditório Jerônimo Santana, 9º andar do edifício Pacaás Novos, do Palácio Rio Madeira, em Porto Velho.


Segundo o superintendente estadual de Turismo (Setur) e pastor da Igreja Batista do Amor, Gilvan Pereira Júnior, a reunião foi importante para alinhar a abertura das igrejas e as medidas que devem ser adotadas quanto ao coronavírus. “Sobre a abertura das igrejas, escutamos a parte técnica com um infectologista e o secretário de Estado da Saúde (Sesau), Fernando Máximo, onde o governador teve a oportunidade de ouvir as falas de todos os pastores”, descreve Gilvan.


Além disso, Gilvan explica que a oportunidade teve o objetivo de verificar quais as possibilidades para a abertura das igrejas, “e que ficou encaminhado a elaboração de um estudo técnico por parte da Sesau e também um alinhamento de fórum, para que as informações cheguem aos pastores e os pastores passem para todos os membros das congregações,” explicou o superintendente.


O deputado estadual Alex Silva, junto aos deputados estaduais Jair Monte e Marcelo Cruz, que participaram da reunião, pontuou uma série de recomendações e ritos de procedimentos para evitar a contaminação, que outros estados adotaram para a abertura das igrejas. “Sabemos que a igreja tem um papel fundamental neste momento, por isso precisamos delas com as portas abertas. Tem estados que com medidas de higienização e afastamento permitiu a abertura consciente das igrejas”, destacou Alex Silva.

Leia Mais:

Governo de Rondônia abre inscrições para 5º Concurso Qualidade e Sustentabilidade do Café

Rondônia atinge nível alto e chega à 4ª posição no ranking nacional de transparência com informações sobre a Covid-19

Edição 40 – Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia


Fonte
Texto: Dhiony Costa e Silva
Fotos: Frank Néry
Secom - Governo de Rondônia