Hospital de Base e João Paulo II estão sendo desinfetados com monopersulfato de potássio para conter o coronavírus

R-BANNER-VAI-PASSAR_01_728x90-1.gif


A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) toma como medida de cuidados e prevenção, a desinfecção do Hospital de Base Doutor Ary Pinheiro (HBAP) e o Pronto Socorro João Paulo II (JPII), que estão passando pelo processo com monopersulfato de potássio para conter o coronavírus. A limpeza ou desinfecção ambiental abrange pisos, paredes, equipamentos, mobiliários, inclusive mesas de exames e colchões, janelas, vidros, portas, grades de ar condicionado, luminárias, teto, em todas as suas superfícies externas e internas.


No último domingo (12), o Pronto Socorro João Paulo II foi totalmente higienizado. De acordo com a direção, a limpeza terminal é realizada após alta, transferência ou óbito ou em períodos programados. Nas salas cirúrgicas, a desinfecção terminal é realizada ao término da programação cirúrgica diária.


“Em decorrência do vírus, passamos a fazer não somente uma vez na semana e não só dentro do hospital, mas também nas partes externas. Diariamente é realizado a limpeza três vezes ao dia conforme preconizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)”, disse a diretora adjunta Sandra Petillo Cardoso.


No Hospital de Base, a desinfecção também foi realizada, de maneira que não afeta os pacientes e nem atrapalha os atendimentos dentro da unidade. “O ingrediente ativo (monopersulfato de potássio) tem um excepcional perfil de segurança, não é sensibilizante e é biodegradável, onde é recomendada aplicação em limpeza e desinfecção de áreas críticas, como centros cirúrgicos, departamentos de emergência”, destacou a diretora geral do Hospital de Base, Raquel Gil.


DILUIÇÃO E USO

Borrifar o desinfetante Virkon sobre a superfície, aguardar 10 minutos e limpar passando um papel toalha, ou limpar a superfície com um pano úmido.



Leia Mais:

Sesau articula ações com órgãos de pesquisa para enfrentamento do coronavírus em Rondônia

Hospital Regional de Cacoal conta com leitos de UTI exclusivos para atender pacientes graves de Covid-19

Fonte
Texto: Sângela Oliveira
Fotos: Ítalo Ricardo
Secom - Governo de Rondônia