Templos de qualquer culto estão proibidos de abrir em Rondônia

Banner-8_728x90-px.gif



O Decreto que oficializou a situação de Calamidade Pública no estado de Rondônia, já vigora desde as 00h deste sábado (21) e terá duração de 15 dias, podendo ser prorrogado por um período igual.



Com isso, está proibido a realização de eventos e reuniões de qualquer natureza, de caráter público ou privado, incluídas excursões, cursos presenciais e templos de qualquer culto, com mais de 5 (cinco) pessoas, exceto, reuniões de governança para enfrentamento da epidemia no âmbito municipal e estadual.



Fundamentalmente, o Governador visa evitar aglomeração de pessoas nas áreas de convívio social do Estado. Para que isso seja possível, bares, cinemas, shopping, comércios, entre outros estabelecimentos, não podem funcionar nesse período.



Fonte: Rondoniaovivo