SUPER MACONHA – Agentes do Denarc prendem trio com maconha skunk

Banner-8_728x90-px.gif


Porto Velho, RO – A Polícia Civil através do Departamento de Narcóticos (Denarc) realizou a prisão de três indivíduos e apreensão de farta quantidade de substância entorpecente. As prisões dos suspeitos de 18, 27 e 29 anos ocorreram em dois pontos diferentes da cidade.


Os policiais receberam informações que um homem iria chegar no Porto do Cai N´água, vindo de barco de Humaitá e aguardaram no local. Quando o suspeito de 18 anos desembarcou, foi preso pelos policiais com aproximadamente meio quilo de maconha skunk. Logo em seguida, os policiais prenderam o suspeito que o aguardava na beira do Rio Madeira.


Durante os questionamentos aos suspeitos, os policiais foram até uma residência localizada no Bairro Três Marias, onde prenderam um foragido do sistema penitenciário, que já possui passagem por roubo, tráfico de drogas e homicídio. No local foi encontrada uma motocicleta com registro de roubo, além de duas placas de outros veículos. Os suspeitos receberam voz de prisão em flagrante e foram encaminhados para a sede do Denarc.


Skunk ou supermaconha é uma droga ilícita, ou seja, uma substância psicoativa de ação perturbadora do sistema nervoso central. O skunk é produzido a partir de uma espécie de cannabis sativa hibrida, ou seja, resultado de cruzamentos de espécies diferentes de plantas do mesmo gênero (Cannabis sativa, Cannabis indica e Canabis ruderalis), cultivada de forma diferente, com o objetivo de obter uma concentração maior de THC (tetrahidrocannabinol), substância ativa com poder narcótico presente nas plantas desse gênero.