PF e Força Nacional realizam fiscalização no porto de Guajará, RO, para impedir entrada de estrangeiros

Banner-8_728x90-px.gif


Agentes da Polícia Federal (PF), Força Nacional de Segurança (FNS) e do Núcleo Integrado de Fronteira (NIF) da Polícia Civil iniciaram às 5h desta sexta-feira (20), a fiscalização no Porto Oficial de Guajará-Mirim (RO) para evitar a entrada de estrangeiros. As forças estão atuando no cumprimento do decreto da Casa Civil, publicado na última quinta (19).


“Nossos agentes estão aqui pra fazer valer o que foi determinado. Só entra no país brasileiro ou quem comprovar residência fixa aqui”, destacou o delegado da Polícia Federal em Guajará-Mirim, Luiz Soares.


Além disso, a presidente da Bolívia, Jeanine Áñez, também determinou o fechamento de todas as fronteiras do país, permitindo apenas o acesso de cidadãos bolivianos.


O acesso estará restrito nas fronteiras pelo período de 15 dias, podendo ser prorrogado, seguindo orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa. Até o dia 3 de abril só poderão entrar no Brasil:



brasileiro, nato ou naturalizado;
imigrante com prévia autorização de residência definitiva em território brasileiro;
profissional estrangeiro em missão a serviço de organismo internacional, desde que devidamente identificado;
e funcionário estrangeiro acreditado junto ao Governo brasileiro.



Quem descumprir o decreto, será imediatamente deportado, sem possibilidade de pedido de refúgio.




Fonte:  G1/RO