Homem que seria morador de Vilhena morre ao receber descarga elétrica quando escalava poste em cidade de Mato Grosso

R-BANNER-VAI-PASSAR_01_728x90-1.gif


Após receber, através do WhatsApp, a imagem de um homem que faria 56 anos no próximo dia 30, que teria sido eletrocutado na cidade do Mato Grosso, o FOLHA DO SUL ON LINE passou a investigar o caso.


Em contato com o editor site “Ripa dos Malandros”, Pedro Miguel, da cidade matogrossense onde aconteceu a fatalidade, a reportagem confirmou a identidade da vítima, que morreu ontem: trata-se de Wildy Bernardo dos Passos, cuja Carteira de Identidade foi emitida em Rondônia.


No áudio que acompanha a imagem compartilhada pelo aplicativo, é informado que Wildy seria de Vilhena. Na mensagem, também é avisado que, caso a família não apareça para fazer o reconhecimento, ele será sepultado como indigente. O pedido para a exibição do nome e da foto é justamente na tentativa de localizar eventuais familiares dele.


O ACIDENTE FATAL

Na noite de ontem, o suposto vilhenense havia subido em um poste e acabou atingido por uma descarga da rede elétrica da rede de transmissão. Com o choque, ele caiu e chegou a ser socorrido, mas morreu após ser levado para o Hospital Regional de Cáceres.


O que a polícia ainda investiga é o que teria levado Wildy a escalar o poste, já que ele não é funcionário de nenhuma companhia elétrica, nem atua no setor na cidade pantaneira.



Folha do Sul