Com medo de surto população se expõe ao risco em supermercados da capital

S-BANNER-VAI-PASSAR_02_728x90.gif BANNER-COVID-2_728X90-px.gif


Com o estado de Calamidade Pública decretada em Rondônia desde sábado (21), cidadãos assustados com a infecção por Coronavírus expuseram-se ao risco e lotaram grandes redes de supermercado em Porto Velho, capital do Estado.



Alguns desses estabelecimentos estavam com o acesso restrito, motivo pelo qual se formou filas enormes, onde as pessoas por um considerável período de tempo promoveram aglomerações, fazendo justamente o contrário do recomendado pelas autoridades sanitárias.






Vale destacar, que comércios e empresas que desempenham serviços essenciais à sociedade permanecerão em funcionamento, claro, com medidas para resguardar a integridade dos funcionários e clientes.





No Decreto Municipal oficializado pelo prefeito de Porto Velho, supermercados tem autorização de funcionar, inclusive por 24 horas, caso necessário.





João Paulo Prudêncio