Família de Daniel nega suicídio por causa de mochila

CORONA-02---468x60.gif
  Foto Divulgação


Na última sexta-feira (31), no Distrito de Theobroma, o menino Daniel Cordeiro Bernardo de apenas 10 anos foi encontrado sem vida pelo seu irmãom. Ele estava pendurado com uma corda envolta do pescoço e mesmo com a tentativa de reanima-lo, não foi possível salvar a vida de Daniel.


Através de um desabafo feito pela irmã na rede social do Facebook, Danieli Cordeiro relata que foi um acidente trágico e não um suicídio, conforme foi noticiado. 



    Arquivo pessoal



De acordo com o desabafo o menino era feliz, já tinha compreendido que não ganharia a mochila naquela semana, mas na outra. Naquele dia, numa brincadeira teria feito um laço na corda e por descuido ficou preso. Contudo, na tentativa de se soltar “o queixinho dele tava todo queimado de tanto tentar sair”, escreveu Danieli.


Devida a dor e julgamento sofrido por internautas, a irmã da vítima, buscou sua rede social para desabafar sobre o sofrimento da família e relatar o que houve com seu irmão. No fim, ela anuncia que desativará o Facebook por indignação a falta de respeito e pede mesmo assim orações em prol da família. 



                                 Foto Divulgação




Por Mídia Rondoniense



dengue2.gif