Eletricistas são presos tentando instalar medidor fraudado na Capital

S-BANNER-VAI-PASSAR_02_728x90.gif BANNER-COVID-2_728X90-px.gif


Claudio R. V. S., de 42 anos, e Antônio M. S. S., de 31 anos, foram presos na madrugada desta segunda-feira (6), após serem flagrados por um policial rodoviário federal tentando realizar a troca de um medidor de energia de um estabelecimento comercial, localizado na Avenida Tenreiro Aranha, em Porto Velho.


O policial relatou que estava passando na Rua Tenreiro Aranha quando avistou a dupla fazendo a troca do medidor e acionou a Polícia Militar.


Questionado, Claudio disse que foi contratado pelo proprietário do estabelecimento para trocar o medidor de energia. Ele confirmou que era prestador de serviço terceirizado da Energisa, mas estava com dispensa médica.


Antônio também confirmou que estava a serviço do proprietário do estabelecimento, no intuito adulterar o relógio medidor de energia, fazendo a troca provisória por outro medidor e posteriormente retornariam com o medidor oficial colocado pela Energisa, já adulterado.


A dupla recebeu voz de prisão, e foi encaminhada para a Central de Flagrantes.


O delegado estipulou fiança de R$ 10 mil para cada um dos presos.



Rondoniagora