DJ TENTA VENDER NO FACEBOOK CELULAR ACHADO EM CASA NOTURNA EM VILHENA

BANNER-A---728x90-px-1.gif


Na tarde da última quinta-feira, 02 de janeiro, uma garota de 20 anos, moradora do distrito de Nova Conquista, registrou queixa na UNISP, em Vilhena, acusando um DJ de tentar vender, num grupo do Facebook, o celular dela que havia sido furtado numa casa noturna da cidade.


Segundo ela, após o aparelho ser encontrado, ele foi entregue ao DJ, que deveria devolvê-lo.


Acontece que o músico, ao invés disso, passou a oferecê-lo num grupo de vendas na red

e social.


A moça, então, entrou em contato com o acusado, e ele teria dito que “se havia encontrado o celular, não era crime vendê-lo”. E continuou se negando a devolver o aparelho, mesmo a dona se identificando.


O equipamento só foi devolvido após um amigo do DJ conversar com ele, mas o chip não foi entregue junto.


A Polícia Civil instaurou inquérito policial quanto aos fatos registrados na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) e deve qualificar o DJ no crime de apropriação indébita.


Os nomes dos envolvidos foram preservados, pois o caso está sob investigação.




Fonte: Rota Policial News