Vídeo: Polícia prende envolvidos na morte de acadêmico da Unir



Investigadores da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio de Porto Velho, cumpriram mandados de prisão temporária contra os apenados Helton S. F., de 28 anos, e Leonardo S. F., de 19 anos, acusados de terem participação no assassinato do acadêmico de Administração da Universidade Federal de Rondônia (Unir), Igor Ricardo Silva do Carmo, 39 anos, encontrado morto com perfurações de faca no pescoço em agosto deste ano, em um apartamento localizado no Bairro Cuniã, na Zona Leste da Capital.




Segundo o delegado que investiga o caso, José Marcos, durante seu depoimento Helton confessou o crime e confirmou a participação de seus comparsas Leonardo e Marcelo Brito Torres, de 35 anos, vulgo "Bate-estaca", morto após um confronto com a Polícia Militar.



Helton disse que foi convidado por Igor para ir até sua residência. Após alguns minutos, o criminoso chamou Marcelo e Leonardo, com o objetivo de roubar o carro Hyundai HB20 da vítima para cometer assaltos na cidade.


Questionado sobre a participação na morte, Helton alegou que no momento em que Igor foi morto, ele estava na garagem do apartamento, jogando a culpa da morte para Leonardo e Marcelo. Já Leonardo, aponta Helton como o autor das facadas desferidas na vítima.


Após matar o estudante, os criminosos fugiram levando o veículo da vítima, o aparelho celular e um aparelho televisor, que estava no quarto onde Igor foi encontrado morto.



O crime

Eram 22 horas do dia 19 de agosto quando policiais militares receberam informações via WhatsApp que havia um veículo Hyundai HB20 nas proximidades do Conjunto Habitacional Morar Melhor com quatro homens armados em seu interior.


Uma guarnição foi até local, localizou o veículo, houve perseguição, mas os criminosos conseguiram fugir. Minutos depois, os policiais encontraram o carro abandonado no Beco Santos Dumont. O veículo estava trancado. Ao consultar a placa do carro, os policiais descobriram o endereço do proprietário do veículo.


Uma outra equipe policial foi até o endereço, e em contato com vizinhos que moram no mesmo terreno, informaram que não sabiam se a vítima estava no apartamento.


Os policiais constatam que o portão estava apenas encostado. Ao entrar na residência, eles encontraram o corpo de Igor em estado de decomposição, com uma perfuração no pescoço, e outra na lateral do corpo. As pernas e mãos estavam amarradas.




Fonte: Rondoniagora 

Vídeo: Polícia prende envolvidos na morte de acadêmico da Unir Vídeo: Polícia prende envolvidos na morte de acadêmico da Unir Reviewed by Mídia Rondoniense on dezembro 04, 2019 Rating: 5