Lutador de MMA mata empresário rondoniense e atende videochamada da família

BANNER-A---728x90-px-3.gif 728x90d411b4316c22701e.gif


O lutador de MMA, Antônio Magno, conhecido como “Cricri”, suspeito de matar o empresário de Várzea Grande (MT), Eurivaldo Alves Marino, teve a imagem printada após atender uma videochamada realizada pela família após o desaparecimento da vítima. Um vídeo gravado pela família mostra o momento em que o lutador atende uma chamada por aplicativo e em seguida desliga o aparelho.



A ligação ocorreu após o empresário já ter sido morto pelo lutador. Eurivaldo foi achado morto no Distrito de Almeida Moraes, em Itaituba, no Estado do Pará, no Último dia 14.


A prisão de “Cricri” foi realizada no bairro Terra Nova por policiais civis da Gerência Estadual de Polinter e Capturas (GEPOL) em parceria com policiais do Pará. No vídeo, “Cricri” atende a chamada, mas não reponde as perguntas que são feitas pela pessoa da família que tenta se comunicar.


O rosto dele aparece e em seguida ele bloqueia a ligação. O assassino é conhecido no mundo como um esportista de alto nível.


Renomado em Mato Grosso, já participou de várias lutas nos Estado Unidos, Japão e outros países.

O CRIME E FUGA PARA MT




Segundo o autor do crime, o motivo da morte foi em decorrência de uma discussão entre a vitima por disputa de terras para exploração do garimpo Boa Esperança-PA, local onde o corpo da vitima foi encontrado enterrado. Eurivaldo foi morto com um tiro na região do abdômen e na cabeça no ultimo dia 9 de dezembro.


Após o crime, o suspeito deslocou-se para a cidade de Cuiabá com o celular da vítima.



Durante o período em que o empresário esteve “desaparecido”, Magno utilizava o aparelho telefônico da vitima para pedir dinheiro à esposa e amigos do próprio empresário, sempre dizendo que estava com problemas e que precisava de dinheiro. A familia sempre desconfiou que não era o empresário que estava mandando as mensagem. A vítima era semianalfabeta e a escrita não era compatível com as mensagens que o empresário mandava. Esse fator foi essencial para a policia desvendar os fatos.


Com base nas informações, os policiais da Polinter encontraram o autor do crime no bairro Terra Nova, em Cuiabá. O autor do crime será apresentado na audiência de custódia para as providencias legais.


O corpo foi retirado da área pelo IML de Itaituba, foi velado e sepultado em Rondônia.


Clique abaixo e assista o vídeo











Fonte: Folha Max