Familiares de agente penitenciário atropelado por “Uber” pedem ajuda após cirurgia de emergência “no fiado”

BANNER-A---728x90-px-3.gif 728x90d411b4316c22701e.gif


Familiares do agente penitenciário Jairo Belarmino de Oliveira, 34 anos, criaram uma “Vakinha Virtual”, a fim de pagar os cerca de R$ 25 mil reais que ele precisou gastar (sem ter) para se submeter a uma cirurgia de emergência em Vilhena.


Jairo teve sua moto atingida por um carro de aplicativo no bairro Bela Vista, e sofreu, além de fraturas no fêmur e no punho, quebraduras em três lugares do ombro. O acidente aconteceu no dia 15 de dezembro.


Jairo ficou até anteontem no Hospital Regional de Vilhena, e seria transferido para Porto Velho, mas o único hospital público da capital não tinha o material necessário para operá-lo.


Sem dinheiro, a família o levou para o hospital particular Bom Jesus, pois o médico que o havia atendido no HR disse que, caso ele não fosse submetido a cirurgia com urgência, ele poderia sofrer trombose ou até morrer.


Foi aí que a irmã de Jairo, servidora pública do município, teve a idéia de organizar a coleta virtual de doações. 


Quem puder ajudar deve clicar aqui e contribuir com qualquer quantia.




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação