Familiares de agente penitenciário atropelado por “Uber” pedem ajuda após cirurgia de emergência “no fiado”



Familiares do agente penitenciário Jairo Belarmino de Oliveira, 34 anos, criaram uma “Vakinha Virtual”, a fim de pagar os cerca de R$ 25 mil reais que ele precisou gastar (sem ter) para se submeter a uma cirurgia de emergência em Vilhena.


Jairo teve sua moto atingida por um carro de aplicativo no bairro Bela Vista, e sofreu, além de fraturas no fêmur e no punho, quebraduras em três lugares do ombro. O acidente aconteceu no dia 15 de dezembro.


Jairo ficou até anteontem no Hospital Regional de Vilhena, e seria transferido para Porto Velho, mas o único hospital público da capital não tinha o material necessário para operá-lo.


Sem dinheiro, a família o levou para o hospital particular Bom Jesus, pois o médico que o havia atendido no HR disse que, caso ele não fosse submetido a cirurgia com urgência, ele poderia sofrer trombose ou até morrer.


Foi aí que a irmã de Jairo, servidora pública do município, teve a idéia de organizar a coleta virtual de doações. 


Quem puder ajudar deve clicar aqui e contribuir com qualquer quantia.




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação
Familiares de agente penitenciário atropelado por “Uber” pedem ajuda após cirurgia de emergência “no fiado”  Familiares de agente penitenciário atropelado por “Uber” pedem ajuda após cirurgia de emergência “no fiado” Reviewed by Mídia Rondoniense on dezembro 27, 2019 Rating: 5