Em Vilhena, jovem pula de camionete em movimento e sofre traumatismo craniano

S-BANNER-VAI-PASSAR_02_728x90.gif BANNER-COVID-2_728X90-px.gif


Na manhã de quarta-feira, 25 de Dezembro, a Polícia Militar foi acionada após um rapaz de 21 anos, identificado como Juan E. V. dos S, dar entrada no Hospital Regional de Vilhena, apresentando ferimentos graves.



O jovem havia pulado de uma picape em movimento no centro da cidade e, segundo os médicos que o atenderam, teria sofrido “um traumatismo craniano grave e possível trauma torácico ou abdominal”.



De acordo com a ocorrência sobre o caso, registrada na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP), a vítima havia saído de uma festa, realizada na casa de um amigo na noite anterior, e seguia com outros quatro rapazes para buscar uma caixa térmica para guardar cerveja e um cabo de som.



Ao passar em frente sua casa, Juan teria pedido para descer e ficar no local. Os demais ocupantes da picape não concordaram e um dos rapazes disse que o colega, se quisesse mesmo ficar em casa, deveria pular do veículo. Mas, alegou que falou isso apenas em tom de brincadeira. A vítima, no entanto, abriu a porta do carro e pulou.



Após a queda, os jovens pararam o veículo e, ao constatar que Juan estava inconsciente, ligaram para o Corpo de Bombeiros, que levaram o garoto até o HR, onde ele permaneceu internado, em virtude da gravidade dos ferimentos.



Pouco depois, a polícia localizou a Chevrolet S-10 envolvida no acidente. A picape era conduzida por Vitor H. G. N. G, 27 anos, que foi submetido ao teste do bafômetro, ficando constatado que ele não havia bebido.



Os outros ocupantes do carro envolvido no acidente, e que foram levados à UNISP para prestar esclarecimentos, são: Vitor C, 20 anos; Adir V. A. de O, 19 anos; e Paulo S. N; 20 anos.




Um inquérito policial foi instaurado pela Polícia Civil para apurar os detalhes do acidente e verificar a veracidade das informações prestadas pelos depoentes.




Fonte: Folha do Sul Online