Cabeleireiro que matou namorado a facadas é condenado a 10 anos de prisão



O cabeleireiro Douglas Neves de Negreiros foi condenado a 10 anos de prisão em regime fechado na tarde desta quinta-feira (5) pelo homicídio do então namorado, Edilson Matos, em julho deste ano. O júri popular aconteceu no Fórum de Ariquemes (RO), no Vale do Jamari.


Douglas foi julgado por homicídio doloso, qualificado com emprego de meio cruel, motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima. Durante o julgamento, o acusado assumiu que esfaqueou o namorado e disse, entre lágrimas, que se arrependia do crime.


Alex Balmant foi o juiz da sessão, que ainda contou com seis mulheres e um homem no júri. Quatro testemunhas, sendo três de acusação e uma de defesa, foram ouvidas no decorrer do julgamento.



Os jurados decidiram, por maioria dos votos, que o réu era culpado do homicídio, mas afastaram a qualificadora de meio cruel. Com isso, o acusado foi condenado a 12 anos de prisão em regime fechado, mas a pena foi atenuada pois o réu confessou o crime espontaneamente.


O juiz ainda decidiu pela manutenção da prisão preventiva do condenado, pois segundo a sentença, ele não cumpre com os requisitos objetivos exigidos para que possa recorrer em liberdade.


O advogado de defesa, Husmath Gerson Duck de Freitas, disse que vai recorrer da decisão na expectativa de um novo julgamento ou da diminuição da pena.


"Conseguimos tirar a qualificadora, senão ele pegaria de 12 a 15 anos de prisão. Nós pedimos que ele fosse julgado por lesão corporal seguida de morte, já que ele não teve intenção de matar, mas os jurados acabaram acolhendo a tese de homicídio simples, que é de seis anos a menor pena. Ele foi condenado a 10 anos, então subiu quatro anos da pena mínima. Agora a gente vai recorrer para que ou ele tenha um novo julgamento ou que diminua a pena", explicou o advogado.




'Amo esse menino'



Douglas Neves Negreiros e Edilson Matos — Foto: Facebook/Reprodução



Dois dias antes de ser assassinado pelo namorado, Edilson Matos, 23 anos, fez uma declaração de amor para Douglas. No Facebook, o jovem postou uma foto do casal e escreveu: "Amo esse menino".


O post ganhou repercussão na época e muitos internautas pediram Justiça pela morte de Edilson.




O motivo do crime


No dia em que foi preso, Douglas contou aos policiais militares que tinha ingerido bebida alcoólica com o namorado durante a noite. Quando chegou em casa, no Setor 1 de Ariquemes, na parte da manhã, o casal iniciou uma discussão e então os dois entraram em luta corporal.


Durante a briga do casal dentro do imóvel, Douglas teria pegado uma faca e atacado Edilson. A facada atingiu o ombro de Edilson, que correu para pedir socorro e logo caiu no chão. A vítima chegou a ser levada com vida ao Hospital Regional, mas não resistiu.


Depois de ser preso e confessar o crime aos policiais, Douglas mudou a versão dos fatos em depoimento e afirmou não se lembrar do que ocorreu na casa.


O acusado chegou a dizer que namorado poderia ter se matado, mas a hipótese de suicídio foi descartada pela Polícia Civil.




Fonte: G1
Cabeleireiro que matou namorado a facadas é condenado a 10 anos de prisão Cabeleireiro que matou namorado a facadas é condenado a 10 anos de prisão Reviewed by Mídia Rondoniense on dezembro 05, 2019 Rating: 5