Publicidade

Travesti é assassinado com tiro no peito ao ser chamado por “cliente” em Vilhena




Wesley Coelho de Almeida, de 44 anos, morreu nesta madrugada de terça-feira, 26, após ser baleado na Avenida Antônio Quintino Gomes, próximo a uma borracharia no bairro Bodan
ese, em Vilhena.


Conforme boletim de ocorrência, Wesley que é travesti, conhecido como Mônica, estava em seu local de trabalho, numa rua próxima a uma borracharia, quando um homem se aproximou num carro aparentando ser Fiat Fiorino, de cor branca, ao se aproximar do carro, o homem atirou, acertando o tórax da vítima, que saiu correndo gritando por socorro, e caiu no pátio da borracharia.


O Corpo de Bombeiros foi chamado por populares e levou a vítima ao Hospital Regional. No pronto-socorro sofreu parada cardíaca, mas foi reanimada e levada para o centro cirúrgico, na qual não resistiu e morreu. A Polícia Civil investiga o caso.



Extra de Rondônia
Travesti é assassinado com tiro no peito ao ser chamado por “cliente” em Vilhena  Travesti é assassinado com tiro no peito ao ser chamado por “cliente” em Vilhena Reviewed by Mídia Rondoniense on novembro 26, 2019 Rating: 5