DER deve implantar usina de asfalto em Vilhena e cidades do Cone Sul podem economizar 60% com pavimentação




O deputado estadual Luizinho Goebel (PV) voltou a cobrar do DER, e tem se mostrado animado, com a possível implantação, pelo órgão estadual, de uma usina de asfalto em Vilhena. O parlamentar acredita que, diante das vantagens apontadas por ele, o empreendimento deverá ser autorizado pelo governador Marcos Rocha (PSL).


Goebel explicou que a idéia é firmar uma parceria que permita ao DER atender, com o fornecimento de asfalto usinado, os sete municípios do Cone Sul, tanto para a pavimentação de ruas, quanto para a realização de tapa-buracos.


Atualmente, se alguma das cidades da região quiser o material do DER, ele terá que vir de Ji-Paraná ou Rolim de Moura, onde estão as usinas mais próximas. Como o asfalto precisa ser aplicado em alta temperatura, o transporte dele até o destino acaba por comprometer sua qualidade.


JAPONÊS QUER

O prefeito de Vilhena, Eduardo Japonês (PV), já teria sinalizado interesse em receber a usina. Um terreno para a instalação da unidade estaria reservado e dependeria apenas de aprovação dos vereadores para ser cedido ao Estado.


Japonês, que já está em fase de aquisição de um grande número de maquinários, pretende usar os equipamentos para executar pavimentação de ruas e avenidas. Mas, só fará isso após a recuperação de estradas vicinais e de vias públicas.


ECONOMIA DE 60%

Pela proposta de Goebel, além de atender sua própria demanda, usando a usina em obras de reparos nas rodovias estaduais, o DER ficaria com a responsabilidade de preparar o material asfáltico para os municípios que solicitarem. As prefeituras comprariam os insumos e receberiam o material já preparado, pronto para a aplicação.


Quem também já demonstrou intenção de usar o produto usinado é a prefeita de Cerejeiras, Liseth Marth (PV), que gastaria menos e teria mais agilidade para fazer reparos nas vias públicas da cidade.


Goebel avalia, tomando o exemplo de Vilhena, que se a prefeitura quiser executar obras de pavimentação diretas, sem a contratação de empreiteiras, poderá economizar até 60% de recursos. Isso porque, providenciando a terraplanagem e os insumos para a produção do asfalto, garantirá obras de qualidade e feitas em pouco tempo.


TODOS GANHAM

Luizinho destacou que sua intenção, ao propor a parceria, foi garantir que obras do Estado sejam agilizadas na região, ao mesmo tempo em que os municípios também se beneficiam. “Além de Vilhena, Colorado, Cerejeiras, Cabixi, Corumbiara, Pimenteiras e Chupinguaia também poderão executar obras diretas, com mais rapidez e menor custo”, finalizou Goebel.








Fonte: Foto ilustrativa
Autor: Da redação



DER deve implantar usina de asfalto em Vilhena e cidades do Cone Sul podem economizar 60% com pavimentação DER deve implantar usina de asfalto em Vilhena e cidades do Cone Sul podem economizar 60% com pavimentação Reviewed by Mídia Rondoniense on novembro 28, 2019 Rating: 5